Integração de sistemas no e-commerce: como a comunicação entre ferramentas pode aumentar a lucratividade do comércio virtual.

A estratégia da integração de sistemas está em alta na organização administrativa e financeira do comércio virtual. Entenda mais sobre o assunto

A tecnologia foi responsável por alavancar os e-commerce nos últimos anos. Hoje essas plataformas não são mais pequenos sites para vender produtos. Dados da Neotrust, uma empresa de fonte de dados e inteligência sobre e-commerce brasileiro revelou que em 2021 o faturamento do setor foi R$ 161 bilhões em 2021, uma alta de 27% em relação a 2020. Esses números não param de crescer, deixando claro a  capacidade gigantesca do setor. 

Mas você sabia que esse faturamento pode se tornar ainda mais escalável com a integração de sistemas? Lidar com negócios online é ter acesso a dados, mexer com diversos sistemas tecnológicos, gerar muitas informações e todas elas acabam perdidas e sem conexão – nesse momento a automação dos processos surge como uma estratégia eficiente de gestão.

O que é integração de sistemas?

A integração pode ser definida como um método de conexão de sistemas. Basicamente a integrar é permitir com que duas ou mais ferramentas utilizadas para gerenciar os processos da sua empresa conversem, trocando dados, informações e comandos. Antes esses processos eram repetitivos e tomavam muito tempo dos contribuintes com tarefas que poderiam ser automatizadas. Hoje a integração de sistemas não é uma novidade, e sim necessidade de qualquer empresa que almeja um crescimento exponencial.

Como a integração funciona?

Há basicamente três formas de realizar a integração de seus sistemas: via banco a banco, compartilhamento de dados eletrônicos e ainda, via API. 

Integração banco a banco:

Essa é uma das mais simples. Aqui ocorre o compartilhamento de um mesmo banco de dados entre sistemas diferentes, tudo isso ocorre por meio de um software responsável por fazer a extração de dados. É preciso entender aqui qual o objetivo do seu negócio, e contar com programas bem desenvolvidos para realizar essas funções.

Integração por compartilhamento de dados eletrônicos:

Essa integração requer uma plataforma ou software que é usado como um tradutor universal, por essa razão é a forma mais complexa de integrar. Ele irá traduzir as informações de cada ferramenta integrada e repassar para a solução em um fluxo contínuo, ajudando todos os sistemas a entender esses dados.

É preciso haver uma boa gestão da plataforma de integração e de suas funções.

API

A mais utilizada atualmente. API é a interface de programação de aplicações, basicamente o motor onde as informações e procedimentos são armazenadas e transmitidas para outros softwares. A API é um ótimo comunicador para sistemas integrados, isso porque permite que as informações sejam direcionadas de uma ferramenta para outra em tempo real, conectando as aplicações.

Além disso, nessa condição os dados podem ser criptografados, aumentando a segurança de seus sistemas.

Como a integração pode ajudar os e-commerces?

A integração no e-commerce garante uma gestão eficiente do seu negócio e não deixa o faturamento despencar, isso porque os dados do seu empreendimento vão ser transmitidos entre as diversas ferramentas que você utiliza, mas ficam centralizados em uma única tela. Ali fica fácil identificar esses dados e, caso haja alguma falha, corrigir com rapidez.

Mas esses não são os únicos benefícios. Confira outras vantagens de integrar canais em seu e-commerce

Melhoria no fluxo de trabalho: a comunicação com os sistemas do seu comércio virtual, sejam eles de atendimento ao cliente, e-mail, chat tira dúvidas, mensagens e outros canais fica mais ágil  e assertiva quando integrada. Esses dados vão estar organizados num único sistema e você consegue entender quais são as dúvidas e necessidades de cada cliente e dar respostas mais rápidas e efetivas.

Evita erros: as falhas podem ser evitadas quando automatizadas, isso porque integrar torna os dados muito mais confiáveis e direcionados com exatidão para o sistemas, assim as informações não se perdem e os erros se tornam raridades.

Dados atualizados em tempo real: como todas as informações se concentram em um único local, é mínima a possibilidade que eles sejam desatualizados. A integração de sistemas garante melhores condições de acompanhar os insights e ter uma visão ampla do seu negócio. Os dados disponibilizados pelas plataformas nesse formato podem ser utilizados para garantir um processo satisfatório para o seu cliente.

Custo reduzido: centralizar os processos é evitar gastos com outras questões como mais mão de obra, papéis, e todo o processo que, além de acumular retrabalhos, não contribuem com a preservação do meio ambiente.

A integração entre as plataformas principalmente diferencia o seu e-commerce da concorrência – com uma gestão revolucionária

Gostou desse conteúdo? Leia também sobre: O que é um sistema de gestão integrado?

Bárbara Lopes

Bárbara Lopes

Bárbara atua como redatora há 3 anos, e vê na comunicação uma excelente ferramenta de transformação (seja a comunicação escrita, verbal e em códigos com as mais diversas linguagens da programação).
Bárbara Lopes

Bárbara Lopes

Bárbara atua como redatora há 3 anos, e vê na comunicação uma excelente ferramenta de transformação (seja a comunicação escrita, verbal e em códigos com as mais diversas linguagens da programação).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rua Marechal Floriano Peixoto, 1601, 3º andar
Centro – Guarapuava/PR