logo FiqOn

Integração de sistemas: vale mais a pena fazer esse processo manual ou terceirizar?

Descubra se é mais vantajoso fazer a integração entre seus sistemas com seu time interno ou com outra plataforma que ofereça esse serviço.

Conforme a sua empresa estiver crescendo, alguns processos precisam ser incorporados para agilizar as operações, seja inserindo mais sistemas de ERP, controle de dados, CRM, entre outros. Por mais que haja melhora de uma lado, esse processo afeta diretamente no aumento do trabalho manual, afinal você terá que passar informações de uma plataforma para outra mais vezes.

São nesses momentos que as instituições procuram soluções para evitar processos internos falhos e repetitivos e automatizar essas tarefas, e acabam se deparam com os benefícios da integração de sistemas. Entendendo essas facilidades, há aquelas que tentam integrar seus sistemas de forma interna, já outras procuram terceirizar esse serviço.

Mas no fim das contas? É melhor a integração manual ou terceirizada? Nesse artigo você vai entender qual a melhor forma de realizar esse procedimento

O que é integração e como ela te ajuda no dia a dia? 

Existem diversas ferramentas e plataformas criadas com objetivos diferentes, e por isso, não funcionam da mesma forma. Cada uma delas tem o seu papel para o desenvolvimento dos negócios, e exercem suas funções muito bem, porém isoladas.

Mas qual o problema disso?

Você tem vários sistemas inseridos na rotina da sua empresa com o objetivo de que tudo funcione como o planejado, mas chega um momento que é muito difícil gerenciar com todas elas ao mesmo tempo, são muitas informações para analisar, dados para transferir e organizar e isso acaba dificultando seu trabalho.

Neste momento a integração de sistemas surge para te auxiliar. Este é um processo que visa conectar diferentes sistemas ou softwares para que eles passem a trocar informações e dados como se fosse um único sistema.

Você permite que duas ou mais ferramentas utilizadas para gerenciar os processos da sua empresa conversem, trocando comandos.

Já temos um conteúdo aqui no blog que explica detalhadamente como é esse processo, e o que é preciso para integrar. Para acessar clique aqui: https://fique.online/3-beneficios-que-a-integracao-de-sistemas-pode-proporcionar-para-o-seu-negocio/

 Hoje a integração de sistemas não é uma novidade, e sim necessidade de qualquer empresa que almeja um crescimento exponencial. 

Agora que você já entendeu o que é integração de sistemas e decidiu de uma vez por todas inserir esse processo na sua empresa, mas eu tenho certeza que o seu questionamento agora é: será que eu devo pedir para que o meu time interno de desenvolvedores realize a integração entre os meus sistemas ou é mais interessante terceirizar esse serviço e procurar uma empresa especialista no assunto?

A seguir, vamos te explicar a diferença entre as duas formas de integração para que você opte pela melhor opção para a sua realidade.

Integração manual x Integração terceirizada

Integração interna (manual)

Vamos imaginar o seguinte cenário: Você precisa integrar o seu ERP com o CRM e decidiu que vai deslocar o seu time interno de desenvolvedores para realizar essa demanda.

Para desenvolver a integração do zero de forma interna, leva em torno de 3 meses, isso de acordo com qual sistema você deseja integrar (alguns setores demoram mais). Esse tempo diz respeito a todo o desenvolvimento da integração, comunicação com a API ou banco de dados dos softwares que você deseja conectar, período de teste e avaliação de efetividade.Caso não funcione como o esperado, o tempo para corrigir as falhas e erros pode ser ainda maior.

Custo?

O custo provavelmente seria um valor pago a mais (além do salário) ao desenvolvedor para criar a ferramenta. Esses colaboradores geralmente cobram por hora trabalhada, ou seja, é uma valor mais elevado. 

Suporte?

Esse desenvolvedor também deve dar suporte na ferramenta, que claro, é passível de erros em qualquer momento, então seria um investimento duradouro e contínuo.

Após todo esse processo o seu sistema pode estar funcionando perfeitamente, porém, meses após a sua solicitação. Os problemas de falta de automação que você identificou hoje na sua empresa, perduraram meses até que a sua solução funcionasse. 

Integração externa (terceirizada)

Aqui vamos imaginar o mesmo caso: você ainda precisa integrar um CRM com ERP, mas decidiu que vai procurar uma empresa que forneça o serviço de integração.

O tempo para que a empresa entre em contato com você, entenda a sua demanda e forneça uma solução é muito menor.

Vou te dar o exemplo da FiqOn: a nossa plataforma leva em média 10 dias úteis para fazer com que sua integração funcione perfeitamente.

Isso porque seguimos a seguinte rota:

Neste tempo precisa apenas configurar os periféricos, ou seja, API, via banco a banco, compartilhamento de dados eletrônicos e ainda, API. 

Mas porque essa diferença tão gritante de tempo?

A empresas especializadas em oferecer o serviço de integração já lidam com demandas vindas de diversos setores todos os dias, assim, para facilitar o trabalho contam com uma série de plugins já conectados, testados e funcionando sem falhas.

Enquanto o seu time interno está desenvolvendo do 0, essas integradoras já tem um know how gigantesco em integração, por isso, oferecem um serviço de qualidade num tempo efetivamente menor.

E quanto ao valor?

As integradoras ofertam seus serviços por meio de mensalidade conforme os planos que a empresa necessitar, seja ele mais básico, expert ou premium. A FiqOn por exemplo, não cobram por integração, nem setup, você apenas vai precisar arcar com o número de requisições que realizar dentro da nossa plataforma. 

Suporte?

Todos os clientes que desejam realizar integrações internamente garantem, sem acréscimo de valor no plano, o acompanhamento de uma equipe especialista para resolver qualquer falha e tirar as dúvidas que surgirem. 


Deu para entender a diferença de realizar a integração manual ou terceirizada? Se você deseja ter o auxílio de uma empresa especialista nesse processo pode falar com os consultores da FiqOn (clicando aqui) eles vão te ajudar a obter, com agilidade, uma solução para a sua demanda.

Bárbara Lopes

Bárbara Lopes

Bárbara atua como redatora há 3 anos, e vê na comunicação uma excelente ferramenta de transformação (seja a comunicação escrita, verbal e em códigos com as mais diversas linguagens da programação).
Bárbara Lopes

Bárbara Lopes

Bárbara atua como redatora há 3 anos, e vê na comunicação uma excelente ferramenta de transformação (seja a comunicação escrita, verbal e em códigos com as mais diversas linguagens da programação).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato